Das Origens às causas que vem ganhando espaço e reconhecimento pela internet

PESSOA-COM-DEFICIÊNCIA-DESENHO-PADRÃO-550X221

A inclusão social de pessoas com deficiência no estado vem alcançando gradativamente, novos patamares, mas ainda há muito a ser feito. O objetivo é criar um ambiente social com uma estrutura que atenda as necessidades de um grande número de pessoas.

No País, o ato teve início com o ato de João Pedro II, que fundou em 1857, através da lei 939, o Imperial Instituto dos Surdos-mudos, posteriormente chamado de Instituto Nacional de Educação de Surdos. O francês Eduard Huet foi o primeiro diretores e educadores do local, mas foi o brasileiro Tobias Barreto que, como terceiro diretor  em função, entre 1868 e 1896, é considerado o introdutor desse tipo de pedagogia na formação educacional nacional.

Em 24 de outubro de 1989, oi sancionada a lei nº 7.853, que dá direito a essa categoria, com a seguinte ementa:

“Dispõe sobre o apoio as pessoas portadoras de deficiência, sua integração social, sobre a coordenadoria nacional para integração da pessoa portadora de deficiência – Corde institui a tutela jurisdicional de interesses coletivos ou difusos dessas pessoas, disciplina a atuação do ministério publico, define crimes, e dá outras providências.”

Apesar disso, uma minoria ainda busca alcançar estabilidade e igualdade através de projetos e causas sociais, que tentam unir as PCD (pessoa com deficiência)  ao público comum. Nesse caminho a internet tem sido uma ferramenta bastante utilizada para propagar informações, criar eventos e comunidades como forma de difusão de materiais para conscientizar as pessoas a repensarem sobre a sociedade em que vivem.

Conheça algumas causas e projetos:

  • Afanpage Inclui PE, é uma página informativa e educativa que— segundo sua descrição — tem como objetivo “servir como instrumento facilitador no protagonismo da pessoa com deficiência”, promover a interação e divulgação de eventos e causas que estimulem a inclusão.
  • Espaço Dançabilita, Coordenado pela terapeuta e produtora Renata Tarub, oferece a interação entre pessoas com e sem deficiência, através da dança do ventre.
  • Neste sábado (30) a campanha  “Sarah vem pra Pernambuco” faz encontro às 14h na praça do viaduto Geraldo Melo Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. O objetivo é trazer o Hospital Sarah Kubitschek—  as unidades realizam o atendimento de vítimas de poli traumatismos e problemas locomotores, buscando sua reabilitação — para o estado.
  • O site Deficiente Online é o maior portal nacional de vagas de emprego para PCD. Nele o candidato pode cadastrar o currículo e se candidatar a entrevista, como em outras plataformas. Em parceria com a comunidade Inclusão PCD, promove a divulgação dessas oportunidades.

 

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *