População cobra do poder público, mas joga lixo nas ruas

11263858_866255866775227_627829777_n

O lixo jogado nas ruas demonstra uma falta de conscientização em relação ao papel de cada um na construção e organização do espaço da cidade. A realidade é que falta nas pessoas a importante percepção de que a cidade que sujam é a mesma em que moram, trabalham e vivem.

Um exemplo desta realidade é a Rua Napoleão Cordeiro de Lima, no bairro de Jardim Brasil II, em Olinda. Além das residências, a rua dá acesso a uma instituição de ensino superior e não é de hoje que moradores e estudantes que passam por ali sofrem com a grande quantidade de lixo. A estudante Katarina Bandeira relata que sofre bastante em época de chuva, “o lixo se mistura com as poças de água e nós não sabemos bem onde estamos pisando” relata. Já a estudante Manuelle Brandine relatoa que já viu diversos animais mortos naquele local. “Já vi corpo de cachorro, gato, tudo morto em decomposição, um absurdo, um local por onde passam todo dia várias pessoas”, finalizou. Mas de quem seria a culpa? Das autoridades ou da população ?

Procurada pela equipe do Aspas, a Prefeitura de Olinda informou que o carro de coleta de lixo passa todos os dias 11358857_866255913441889_645017806_npontualmente às 18h no bairro, assim recolhendo todo o lixo. Moradora do bairro, Fabiana Teixeira, confirmou a ação do carro de coleta de lixo, mas informou que a varredura naquele local se torna bastante complicada para o carro de lixo, pois “alguns moradores fazem da esquina um pequeno lixão, jogam colchões, sofás, tudo que você pode imaginar”. Fabiana também relata que muitos moradores queimam os lixos que jogam no local, um perigo para a sociedade.

 

Essa carência de civilidade aumenta o trabalho dos serviços de varrição, que passa a ser um exercício contínuo, pois nunca alcança um resultado satisfatório. Neste sentido, fica claro que a cidade carece ter uma comunicação educativa que demonstre a população que o seu papel na construção de um espaço limpo é muito importante.

Conheça os perigos de queimar lixo

Marina Moura

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *